Post Page Advertisement [Top]

PolíciaPolícia Federal

PF desarticula grupo de tráfico interestadual de drogas


Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal desarticulou organização criminosa que pretendia remeter 10 kg de skunk (maconha com alto teor de THC) de Manaus/AM para João Pessoa/PB, utilizando como rota de transporte voos com escala no aeroporto internacional Tancredo Neves, em Confins/MG. Foram identificados cinco brasileiros que compõem o grupo.

As investigações tiveram início em 16/3/2018, com a prisão em flagrante de um casal de brasileiros, quando tentavam embarcar em voo para o Rio de Janeiro, portanto 20 kg de skunk em sua bagagem. Durante o interrogatório, ambos admitiram integrar uma organização criminosa especializada no tráfico de skunk por via aérea para diversos estados brasileiros e que, naquela mesma data, uma brasileira havia embarcado em outro voo com destino a João Pessoa/PB.

A Polícia Federal conseguiu localizar a brasileira em um hotel próximo ao aeroporto de Confins/MG, pois havia perdido uma das conexões de seu voo. Ela não estava na posse de sua bagagem porque, ao perder o voo, teve sua mala extraviada. Admitiu, contudo, que havia sido paga para transportar a mala, negando saber qual o conteúdo transportado.

No dia 17/3/2018, a mala foi encontrada e entregue à Polícia Federal em Belo Horizonte pela empresa aérea. No interior da mala, foram encontrados 10 kg de skunk. Não obstante, a brasileira não mais se encontrava em território mineiro.

Durante a instrução do inquérito policial, foi constatado que a dupla presa em Porto Velho/RO, além de realizar o transporte da droga apreendida, foi responsável pelo aliciamento da brasileira abordada em Confins/MG, bem como por intermediar o contato entre ela e os líderes da organização criminosa.

De igual modo, foram identificados dois outros brasileiros, que supostamente lideram o grupo criminoso e que teriam fornecido as drogas apreendidas e custeado as despesas com o transporte da droga apreendida em Belo Horizonte até João Pessoa/PB.

Os líderes do grupo criminoso foram localizados em Manaus/AM e presos em cumprimento a mandados de prisão preventivos, expedidos pela Justiça do Estado de Rondônia.

Os investigados foram indiciados pela prática dos crimes de tráfico interestadual de drogas, associação para o tráfico de drogas e organização criminosa, passíveis de penas de reclusão de 3 a 20 anos.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

cs.srmg@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Contato (31) 3330-5270


Fonte Notícias https://ift.tt/2wJ1A2Z

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]